Alonso projeta clássico contra o Flamengo: ‘vamos deixar a vida, como fazemos em todo jogo’

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
28/10/2021 às 09:55.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:08
 (Pedro Souza/Atlético)

(Pedro Souza/Atlético)

Xerifão, um dos líderes do Atlético e figurinha presente nas convocações da seleção paraguaia, Junior Alonso mostra que dentro de campo tenta sempre fazer o melhor e fora das quatro linhas procura conhecer a história do Galo. Um dos capítulos da enciclopédia alvinegra é a rivalidade contra o Flamengo, adversário do clube mineiro e do zagueiro neste sábado (30), às 19h, no Maracanã, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

E um dos jogos emblemáticos entre as duas equipes é aquele empate no Serra Dourada, pela Libertadores de 1981, em que o árbitro José Roberto Wright expulsou cinco atleticanos. Indagado sobre aquela situação negativa (e outros embates da década de 80) e se ela acaba servindo de combustível para escrever uma história diferente, Alonso ressaltou que o mais importante é o elenco atual manter o foco e encarar o próximo duelo como merece, ou seja, como uma final.Pedro Souza/Atlético

“Eu conheço a história desse confronto, todo mundo fala. Mas acho que a motivação maior que temos é o título. A gente poder conquistar isso (o Brasileirão), depois de 50 anos... Não tem motivação maior que isso. Estamos trabalhando todo dia, com essa motivação para poder brigar pelo título. Dependemos de todos”, afirmou.

O Galo lidera a Série A, com 59 pontos, 13 pontos a mais que o Urubu, quarto colocado. “No sábado é um jogo muito importante, diante de um grande rival, que é o Flamengo. E a torcida tem que saber que vamos deixar a vida, como fazemos em todo jogo. Sábado não será exceção. E pode ter certeza de que daremos tudo lá”, comentou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por