A derrota do América para o Figueirense, lanterna da Série B, no sábado (12), com certeza não passava na cabeça de grande parte da torcida americana, mas serviu para alertar o time: caso queira se manter colado no G-4, o Coelho tem que redobrar a atenção contra equipes da parte de baixo da tabela. Nesta terça-feira (15), o alviverde tem mais um destes desafios: recebe o Vila Nova (GO), às 20h30, no Independência, pela 29ª rodada do Brasileirão.

Primeiro time da zona de rebaixamento, o Vila está brigando desde o início do campeonato contra o descenso. Mas tem uma oportunidade de ouro de respirar contra a degola. Vitória simples tira o time goiano do Z-4. E é fora de casa que o Tigre tem tido seus melhores resultados nesta edição da Série B.

Com apenas seis vitórias em 29 partidas, o Vila venceu só uma vez no Serra Dourada, quando bateu o São Bento, por 1 a 0, na oitava rodada, em junho. Fora de casa, porém, é um visitante indigesto. Bateu cinco equipes, algumas delas brigando para subir para a Série A. O Tigre superou, como visitante, Ponte Preta, Botafogo (SP), Brasil de Pelotas, Guarani e Londrina.

Além disso, o time goiano perdeu apenas cinco vezes como visitante. Para efeitos de comparação, o Bragantino, líder da Série B, tem o mesmo número de derrotas fora de seus domínios e ganhou duas vezes mais — sete, contra cinco do Tigre —. A favor do Coelho, pesa o fato de a última derrota no Independência ter ocorrido em 26 de julho, para o Atlético-GO.

Preparação

Os jogadores do América se reapresentaram neste domingo (13) no CT Lanna Drummond, para iniciar a preparação para o jogo de terça-feira. Na segunda (14), também haverá treino técnico-tático, antes do início da concentração. Para o técnico Felipe Conceição, a partida é decisiva para que o Coelho não se deixe distanciar do G-4.

"É mais uma luta, como foi contra o Figueirense. Temos que saber jogar o jogo. A gente veio até agora pensando jogo a jogo. Tem que dar o máximo em todo jogo. Foi assim que a gente conseguiu essa campanha, assim a gente tem que fazer nos 10 jogos que faltam", afirmou.

Leia Mais:
Com Felipe Conceição, América alcançou o mesmo aproveitamento do líder Bragantino
Senador Rodrigo Pacheco apresenta projeto para fortalecer poder financeiro dos clubes