Com mescla de jovens e experientes, América encara a Caldense, na abertura do Campeonato Mineiro

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
24/01/2022 às 16:25.
Atualizado em 31/01/2022 às 13:57
 (João Zebral / América)

(João Zebral / América)

Embora não tenha divulgado a lista de relacionados para a estreia no Campeonato Mineiro, o América informou que 13 atletas formados em suas categorias de base viajaram para Poços de Caldas, visando ao duelo com a Caldense, nesta terça-feira (25), às 21h, no Ronaldão, na abertura da competição.

Entre aqueles com chances de aparecer na primeira partida do time no ano estão o goleiro Robson, o zagueiro Gustavo Marques, os laterais Arthur e Carlos Junio, os meias Gustavo e Rodriguinho e os atacantes Kawê, Carlos Alberto e Léo Passos, todos presentes na pré-temporada do elenco profissional.

Quem também pode ter oportunidade são o zagueiro Rodolfo Moisés, os meio-campistas Kevyn e Matheus Henrique e o avante Adyson, semifinalistas com o Coelho da Copa São Paulo.

Mescla

Além dos atletas formados na base, o América conta com jogadores remanescentes do plantel de 2021, como o volante Juninho Valoura, para fazer da mescla juventude-experiência uma fórmula de sucesso na estreia contra a Caldense.

"Meu papel é estar focado em fazer um grande jogo, desempenhar meu melhor futebol, mas tem muita coisa a evoluir. Vou passar confiança aos meninos, se estão aqui é porque têm qualidade e potencial. É passar tranquilidade para desenvolverem um bom futebol e estarem integrados cada vez mais no processo (de adaptação ao profissional)", afirmou Valoura.João Zebral / América

Expectativa

Para o volante, o América tem tudo para fazer uma grande partida, mesmo com a falta de ritmo de jogo que ainda vai imperar nos primeiros duelos da temporada.

"A expectativa é muito boa. O América está cada dia mais forte no cenário nacional e no mundo. Então, queremos fazer um grande jogo e ganhar confiança na competição", comentou Juninho Valoura, que aprova a decisão do técnico Marquinhos Santos em promover um rodízio neste início de ano.

"Vejo que neste momento não tem titular ou reserva. Creio que o professor vai fazer um rodízio, até para condicionar todos os atletas. Cada um precisa dar seu melhor, representar essa grande instituição e fazer bonito dentro de campo", declarou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por