O técnico Cuca demonstrou satisfação com o empate do Atlético com o São Paulo, por 0 a 0, na noite deste sábado (25), no Morumbi. O treinador destacou que enfrentar o Tricolor fora de casa tende a trazer dificuldades e celebrou o ponto somado como visitante. 

“Temos que pensar nas coisas. Você jogar seis pontos com o São Paulo e somar quatro é bom. Se quando começar o campeonato te fizerem essa oferta, você vai aceitar. É mais um jogo de invencibilidade. São 14 jogos”, avaliou o treinador atleticano. 

“Neste campeonato, quando você sai como visitante, contra times grandes, se não puder ganhar, levar um ponto para casa pode fazer diferença lá na frente”, complementou.

Atlético

Cuca levou o Atlético a 14 jogos sem derrotas no Campeonato Brasileiro

Como disse Cuca, o Atlético chegou a 14 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, igualando sua maior série sem derrotas na Era dos Pontos Corridos

O empate na capital paulista ainda levou o Galo a ampliar sua vantagem sobre o segundo colocado Palmeiras, que foi derrotado pelo Corinthians. Agora a distância para o time alviverde é de oito pontos.

Neste domingo, às 11h, os atleticanos torcerão por um tropeço do Flamengo diante do América, no Independência. O Rubro-negro está a 12 pontos do Atlético, mas tem três jogos a menos que a equipe comandada por Cuca.

Jogadores poupados e mudança de esquema

Contra o São Paulo, Cuca deixou os titulares Mariano, Jair e Nacho Fernández no banco de reservas. Além das mudanças na escalação, o treinador do Atlético mudou o esquema tático para o 3-5-2.

Cuca explicou como preparou a equipe para se posicionar em campo, inicialmente com três zagueiros, mas ressaltou que alterou a formação ao longo da partida. 

“As propostas passam a ser boas ou ruins conforme o desempenho dos jogadores em campo e o resultado final, que é sempre o principal. Nós trabalhamos com o Réver em duas situações. A primeira com ele como terceiro zagueiro. Quando vi que o São Paulo estava com forte marcação individual, o Réver passou a ser volante. Ele jogou do lado do Allan e do Nathan. E nós jogamos o Zaracho mais para o lado. Foi quando conseguimos ter mais posse de bola”, salientou.

No segundo tempo, o treinador acionou o banco de reservas e colocou Jair e Nacho em campo. Depois das mudanças, o Galo criou oportunidades de gols, mas não superou o goleiro Tiago Volpi.

“Mudamos o sistema e colocamos jogadores que, supostamente, descansamos. E encorpamos mais no jogo. Tivemos um gol impedido numa jogada bonita. Tivemos chances com Arana, chute do Hulk… Uma bola que tivesse entrado, a proposta do São Paulo seria outra”, observou Cuca.

Leia mais:
Atlético empata com São Paulo no Morumbi e amplia vantagem na ponta da tabela
Ataque do Atlético passa em branco pela primeira vez no Brasileirão depois de 13 rodadas