O desempenho do Cruzeiro na vitória por 2 a 0 sobre o Coimbra, nesta quarta-feira (7), no Independência, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro, agradou ao técnico Felipe Conceição. Apesar de os gols terem saído nos últimos 20 minutos da partida, a Raposa dominou as ações da partida, mostrando uma maior consistência em relação aos últimos jogos.

Após o confronto no Horto, o comandante do time celeste elogiou a atuação da equipe, comemorando também o fato de não ter sido ameaçado efetivamente na reta final do duelo, como ocorreu em outras oportunidades. “A gente esteve bem em todos os momentos, seja na parte defensiva, ofensiva e nas transições. Fomos bem consistentes hoje, demos poucas oportunidades ao adversário e criamos bastante, com uma riqueza muito grande na questão ofensiva”, disse Conceição, em entrevista coletiva.

A vitória poderia ter sido construída com mais tranquilidade, mas a Raposa voltou a pecar nas finalizações. Entretanto, apesar das chances perdidas, Conceição afirmou que também vê melhora da equipe nesse quesito.

“Eu acho que a gente está evoluindo neste ponto, assim como em outros. Hoje foram dois gols. Três gols em dois jogos e não tomamos nenhum, e isso também é importante de dizer. A questão da finalização está melhorando. A cada jogo estamos melhores, os atletas mais confiantes, percebendo mais as oportunidades em cada função, e isso naturalmente vai trazer mais gols”, frisou.

Clássico

Passado o triunfo, que fez com que o Cruzeiro subisse para a terceira colocação na tabela, o Cruzeiro volta o foco para o clássico contra o Atlético, neste domingo, às 16h, no Mineirão.

Mesmo com o bom momento do rival, líder da competição e com um grande investimento no elenco, o técnico a Raposa afirmou que crê em um triunfo dos azuis no Gigante da Pampulha.

“A análise que você fez, de todo um contexto entre os clubes, comparando um clube e outro, realmente dá favoritismo ao adversário. Mas futebol é dentro de campo, 11 contra 11, e é um esporte que te concede, mesmo em um momento não tão forte quanto o do adversário, a ganhar a partida. E é isso que a gente vai buscar fazer. A gente vem em um crescimento. Sabemos que temos um processo longo para fazer dentro do clube e da equipe, mas a gente vai buscar ganhar a partida”, completou.

Com 14 pontos, o time celeste busca o triunfo no clássico para permanecer no G-4 do torneio e dar mais um passo rumo à classificação para a semifinal.

Leia Mais:
Com quase meio time de pendurados antes do clássico, Cruzeiro passa ileso contra o Coimbra
Pottker entra bem no jogo, dá fim a tabu e tenta cravar uma vaga para o clássico contra o Atlético
Felipe Augusto exalta competitividade no elenco do Cruzeiro e desempenho do time contra o Coimbra