Gol de Dudu encerra séries de invencibilidade da defesa do Atlético no Mineirão e na Libertadores

Gustavo Andrade
@gfandrade
28/09/2021 às 23:55.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:57
 (Fernando Michel)

(Fernando Michel)

Eliminado invicto na Copa Libertadores, o Atlético viu o empate por 1 a 1 com o Palmeiras, na noite desta terça-feira (28), encerrar duas sequências positivas de sua defesa.

O time comandado por Cuca não sofria gols no Mineirão há oito partidas e ainda tinha a chance de igualar o recorde de jogos consecutivos sem ter a defesa vazada na Copa Libertadores.Fernando Michel

Até que Dudu balançasse as redes no Gigante da Pampulha, o Atlético estava há sete jogos sem sofrer gols na competição sul-americana. Em toda a história da Copa Libertadores, quatro equipes chegaram a oito partidas seguidas sem que o adversário tirasse o zero do placar: Atlético Nacional (Colômbia), Boca Juniors (Argentina), Estudiantes de La Plata (Argentina) e São Paulo.

O Boca Juniors foi o primeiro dos quatro clubes a alcançar a série de oito partidas sem ser vazado. O feito foi atingido na campanha do título de 1977.

Depois de 32 anos, foi a vez de outro argentino permanecer tanto tempo sem ter sua defesa vazada na Libertadores. O Estudiantes não só igualou o recorde do Boca, como também levou o título de 2009. Curiosamente, os dois argentinos levantaram a taça nessas edições ao derrotar o Cruzeiro na final.

Já em 2010, Rogério Ceni não foi superado pelos adversários em oito jogos entre a fase de grupos e as quartas de final. O Internacional foi responsável por encerrar a invencibilidade do goleiro e eliminar o São Paulo nas semifinais.

A última vez em que uma equipe passou oito confrontos sem ter suas redes balançadas na Libertadores foi em 2016, com mais um campeão. Na campanha do título, o Atlético Nacional não sofreu gols em seus sete primeiros embates. Em sua última partida da edição anterior, o time colombiano venceu o Emelec, do Equador, por 1 a 0, mas acabou eliminado por ter perdido por 2 a 0 no jogo de ida das oitavas de final.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por