Inspirado em Richarlison, Carlos Alberto pleiteia um 2022 vitorioso pelo América

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
15/01/2022 às 15:07.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:54
 (João Zebral / América)

(João Zebral / América)

O “efeito Richarlison” se faz presente no discurso dos jovens atacantes formados nas categorias de base do América há um bom tempo. Um dos americanos que se inspira no hoje jogador do Everton, da Inglaterra, e da Seleção Brasileira, é Carlos Alberto, outro prata da casa do Coelho e que anseia por um 2022 de mais oportunidades no elenco profissional, em busca de voos maiores.

“O Richarlison foi formado aqui, teve a subida ao profissional, hoje é destaque. (...) Assim como ele, espero chegar lá, ser destaque internacional e na Seleção”, afirmou Carlos Alberto.

Pelo time alviverde, Carlos disputou 17 partidas, sendo 14 na temporada passada, e anotou um gol. Duelos que o ajudaram a “criar casca”, como o próprio atacante destaca.

"Jogando contra times grandes, de nome, e fazendo grandes jogos, a gente vai aprendendo, melhorando e evoluindo. O Brasileiro e o Mineiro (Sub-20) serviram de aprendizado para mim e meus companheiros. É formação e evolução", disse.João Zebral / América

Em 2022, o pensamento é o de melhorar nos aspectos físico, técnico e tático. "A gente cria aquela ansiedade de jogar, de ajudar nossos companheiros e a instituição. Neste ano não é diferente. Será um ano de vitórias, tanto pessoal quanto para o clube. Estaremos juntos para conquistar nossos objetivos", comentou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por