Manifestações, dramas, títulos: relembre a segunda passagem de Cuca pelo Atlético

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
28/12/2021 às 09:40.
Atualizado em 29/12/2021 às 00:38
 (Pedro Souza/Atlético)

(Pedro Souza/Atlético)

Antes e depois que o Atlético oficializou o regresso de Cuca no início de março deste ano, houve manifestações a favor e contra a vinda do treinador. No começo dessa segunda passagem, o técnico também vivenciou dramas com a mãe e a neta. E ao longo temporada, o comandante celebrou três títulos pelo time. Relembre alguns capítulos dessa história.

Manifestações

Assim que surgiram as primeiras informações do interesse do Galo pelo treinador, as redes sociais foram inundadas de comentários a favor e contra a vinda de Cuca. Havia uma parcela que apoiava o retorno do técnico. Mas uma parte da Massa não analisava da mesma forma.

Muitos lembravam do caso de estupro coletivo no qual o técnico nega ter se envolvido nos anos 80, ainda como jogador do Grêmio. O fato aconteceu em 1987 contra uma jovem de 13 anos, na Suíça. Cuca desmentiu que tenha participado do crime, por meio um vídeo, ao lado da família. 

Outros torcedores se mostravam descontentes com a forma como o comandante havia deixado o Galo em 2013. Antes mesmo da disputa do Mundial de Clubes no fim daquele ano, o técnico já teria acertado com o Shandong Luneng, da China. Logo após a participação do Atlético no torneio, o time chinês anunciou a contratação de Alexi Stival.

Dramas

Cuca acertou sua vinda para o Atlético e foi apresentado no dia 16 de março de 2021. Na entrevista coletiva, afirmou que faria seu melhor, mesmo com a mãe lutando contra a Covid-19.

Aos poucos, a dona Nilde foi se recuperando. No início de maio, ela recebeu alta, após de 70 dias no hospital.

No mesmo mês, o técnico falou a respeito de outro drama, com a neta, também contra a Covid, em outro episódio superado.Pedro Souza/Atlético

Hulk

Em abril, Hulk fez um desabafo contra Cuca, dizendo que o treinador não concedia “minutagem em campo” a ele e exigindo atuar como centroavante. Depois de conversas nos bastidores, os dois se acertaram, e os resultados vieram.

O atacante foi o artilheiro do Atlético na temporada, com 36 gols em 68 partidas. Além disso, ganhou os prêmios de goleador do Brasileirão, com 19 bolas na rede, e da Copa do Brasil, com oito.

Títulos

Cuca se tornou o único treinador a ganhar pelo Atlético a Libertadores, o Brasileiro e a Copa do Brasil. Depois de angariar a competição sul-americana em 2013, ele comandou o Alvinegro rumo aos títulos da Série A e do torneio nacional mata-mata neste ano. Além disso, chegou a três conquistas do Mineiro: 2012, 2013 e 2021.

Em sua segunda passagem pelo Galo, ele somou 71 jogos, 48 vitórias, 14 empates e nove derrotas, um aproveitamento de 74,17%.

Contabilizando a primeira fase dele no Alvinegro, entre meados de 2011 e o fim de 2013, Alexi Stival esteve à frente do time em 224 partidas, sendo 128 triunfos, 48 empates e 48 reveses, um rendimento de 64,28%.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por