Marquinhos Santos promete postura ofensiva para o Coelho 'não deixar pontos para trás' na reta final

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
28/11/2021 às 09:20.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:09
 (Marina Almeida/América)

(Marina Almeida/América)

A campanha de 2021 já é histórica para o América pelo fato de o time atingir sua maior pontuação na Era dos Pontos Corridos do Brasileirão. E restando três partidas na competição, a equipe segue na briga por uma vaga em uma competição sul-americana. Embora prefira não analisar as possibilidades de o Coelho se classificar à Libertadores ou à Copa Sul-Americana, o técnico Marquinhos Santos deixa claro que o Alviverde manterá a postura ofensiva para os últimos desafios.

"Difícil projetar algo. É tentar jogar sempre ofensivamente para buscar as vitórias, para nos colocar em segurança na Série A e tentar uma vaga na Sul-Americana. E, se formos merecedores, quem sabe a uma pré-Libertadores", afirma o comandante.

A ambição de levar o clube pela primeira vez a um torneio sul-americano é embasada na campanha construída até agora (11 vitórias, 13 empates e 11 derrotas) e também pela confiança nos três últimos confrontos da temporada.

"Nove pontos ainda em disputa, e vamos tentar o maior número de pontos possíveis. A tabela ainda vai ter muito perde e ganha, muitos empates, muitos confrontos diretos. Tem que ter calma e equilíbrio. Não deixar pontos para trás, como deixamos em casa contra o Atlético-GO", diz Santos, referindo-se ao empate sem gols com o Dragão, no último dia 17.Marina Almeida/América

Ele aproveita a deixa para pedir a presença da torcida do América no duelo desta terça-feira (30), às 21h, diante da Chapecoense, no Independência.

"Aproveito para fazer a convocação do nosso torcedor, da Nação Americana; que o torcedor do Coelhão se faça presente no Independência, contra a Chapecoense, para a gente conseguir uma vitória muito importante. E ir para os dois últimos jogos pensando em algo maior dentro da competição", declara.

Após o embate com a Chape, o América vai encarar o Ceará no próximo domingo (5), às 19h, no Castelão, e o São Paulo, em 9 de dezembro, às 21h30, no Horto.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por