As quartas de final da edição 2020/2021 da Superliga Masculina começam nesta quinta-feira (11), às 16h30 (horário de Brasília), com o primeiro duelo entre Minas Tênis Clube (quarto colocado da primeira fase) e Apan/Blumenau (quinto), na Arena Minas, em Belo Horizonte. O calendário do mata-mata foi divulgado neste domingo (7) pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

minas tênis clube vôleiPartida será na próxima quinta-feira (11)

Os confrontos serão disputados em melhor de três jogos. Quem ganhar dois avança às semifinais. Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema (RJ), foi oferecido pela confederação para sediar os jogos do mata-mata. Assim como na Superliga Feminina, os clubes do torneio masculino decidiram, por votação, realizar as partidas decisivas nos respectivos ginásios. 

O mata-mata prossegue na sexta-feira (12), com Vôlei Renata (terceiro) e Uberlândia (sexto) no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), também às 16h30. No sábado (13), o Sada Cruzeiro, melhor time da primeira fase, encara o Vôlei UM Itapetininga (oitavo) no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), no mesmo horário. Já no outro domingo (14), o atual campeão EMS Taubaté, que se classificou em segundo lugar, duela com o América-MG no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP), às 19h.

As partidas de volta ocorrerão entre os dias 15 e 18 deste mês, sempre às 16h30, com mandos de Blumenau, Uberlândia, Itapetininga e América, respectivamente. Os terceiros jogos, se necessários, estão agendados entre os dias 19 e 22, também às 16h30. Por terem feito melhor campanha na primeira fase, Minas, Vôlei Renata, Cruzeiro e Taubaté serão os mandantes destes duelos.

Definição

Nesta segunda-feira (8), o Sesi-SP recebe o Taubaté no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, no jogo que conclui a primeira fase da competição, mas sem impacto na classificação final. A partida estava marcada para o último dia 20 de fevereiro, mas foi adiada após um surto de casos de covid-19 no time paulistano.

O Sesi, aliás, disputa a Superliga recheado de garotos e liderado pelo experiente medalhista olímpico Murilo, em meio à reformulação do projeto do vôlei no clube. No último sábado (6), a equipe paulistana garantiu a permanência na elite por mais uma temporada. A derrota por 3 sets a 2 para o Guarulhos rendeu o ponto que o Sesi necessitava para não poder mais ser alcançado pelo Caramuru - que, de qualquer forma, foi superado pelo Vôlei Renata por 3 a 0 e teve o rebaixamento à Superliga B confirmado, ao lado do lanterna Vôlei Ribeirão.

Leia Mais:
Em jogo de viradas no basquete, Minas perde para argentinos na Champions
Palmeiras vence Copa do Brasil, Cruzeiro segue como maior campeão e Minas Gerais o segundo em taças
Faltam 40 dias: com goleada e show de Seixas, Cruzeiro carimba faixa do hexa atleticano