O Atlético completou nesse domingo (5) uma semana sem jogos, mas os treinos continuam em ritmo forte na Cidade do Galo. Preparação esta que precede uma bateria de partidas decisivas nas três competições que o time disputa na temporada: Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Libertadores.

Em setembro, o Alvinegro terá seis confrontos em um curto espaço de tempo, com três ou quatro dias de diferença entre um duelo e outro: Fortaleza (12/9), Sport (18/9) e São Paulo (25/9), pelo Brasileirão, Fluminense (15/9), pela Copa do Brasil, e Palmeiras (21/9 e 28/9), pela Libertadores.

Visando a estas partidas que valem ao Galo uma vaga nas semifinais do torneio nacional mata-mata, uma na decisão da Liberta e a manutenção da liderança na Série A, vem sendo feito todo um planejamento para que a maior parte do elenco esteja no ápice de sua forma física.

Atlético

"Nós estamos muito satisfeitos com a forma como o grupo tem se apresentado nos jogos, com regularidade muito importante. Isso nos tem feito caminhar nas três competições. Nesse período (de treinos) você procura tornar o grupo um pouco mais homogêneo", destacou o preparador físico alvinegro Cristiano Nunes.

"Que todo o elenco esteja disponível e em boas condições para suportar os três meses que restam na temporada", completou.

Regresso

Após a disputa da décima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, nesta quinta-feira (9), os jogadores do Atlético convocados por seleções voltarão às atividades na Cidade do Galo. São eles: Everson, Hulk e Guilherme Arana (Seleção Brasileira), Savarino (Venezuela), Alan Franco (Equador), Vargas (Chile) e Alonso (Paraguai).

Leia mais:
Atlético divulga aumento de 6% de folha de pagamentos na temporada
Diego Costa vai precisar de 'cinco ou seis jogos’ para atingir ‘boa forma', diz preparador físico
Em fase final de recuperação de lesão, Jair deve estar à disposição do Atlético contra o Fortaleza