Além de Belo Horizonte e Contagem, mais uma cidade da Região Metropolitana mudou as regras de funcionamento do comércio às vésperas do Dia dos Pais. A Prefeitura de Betim anunciou um período de maior flexibilização entre quinta-feira (6) e domingo (9). Já a partir de segunda (10), com o fim da data comemorativa, o comércio volta às restrições vigentes no Minas Consciente.

O decreto nº 42.221, que autoriza o retorno das atividades na cidade de forma temporária, foi publicado no Órgão Oficial do Município nesta quinta-feira (6). "Não haverá revezamento dos setores, mas é necessário que os estabelecimentos continuem cumprindo rígidas normas sanitárias e de biossegurança contra a Covid-19, como garantir o limite de clientes dentro dos estabelecimentos, disponibilizar álcool e aferir a temperatura dos consumidores", informou a Prefeitura de Betim.

Estarão autorizados a funcionar, até domingo, o comércio de rua, galerias, shoppings, bares e restaurantes, sem a venda de bebida alcoólica. Boates, salões de festa e de dança, shows, eventos sociais e corporativos, clubes e cinemas continuam proibidos de funcionar. 

Betim registrou 3.153 casos confirmados de Covid-19 e 107 mortes pela doença. Assim como BH e Contagem, Betim está na onda vermelha do programa Minas Consciente. Ou seja, de acordo com o plano do governo estadual, não poderia abrir o comércio não essencial. 

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico informou que, "para maior segurança da população e melhor experiência de consumo, o plano deve ser seguido integralmente pelos municípios que aderiram ao Minas Consciente. Em caso de descontínuo descumprimento, o município pode ser retirado da lista de aderidos. Neste caso especificamente, o Governo de Minas oficiará a prefeitura acerca do fato, reiterando o compromisso dessas com o plano".

Leia mais:
MPMG quer posicionamento de Kalil sobre reabertura de comércio não essencial
Número de casos de Covid cresce quase 50% em duas semanas em BH; ocupação de UTIs está em 78%