A rede municipal de educação de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, vai disponibilizar gratuitamente absorventes higiênicos a partir do ano letivo de 2022. A prefeitura da cidade estima que serão beneficiadas pelo menos 4 mil alunas a partir dos 11 anos e em situação de vulnerabilidade social.

Alunas matriculadas em organizações da sociedade civil parceiras da Secretaria Municipal de Educação também serão contempladas. O decreto que estabelece as diretrizes do projeto foi assinado nessa terça-feira (9) pelo prefeito da cidade, Odelmo Leão (PP). 

“Como eu costumo dizer, nós, como poder público, precisamos ser facilitadores. E, na garantia do acesso à Educação, que é um direito universal, também atuamos dessa forma. Hoje, a rede municipal de Uberlândia conta com uma série de ações para estimular a permanência dos alunos e o decreto de agora se soma a essas medidas”, afirmou o prefeito.

De acordo com o Executivo de Uberlândia, serão destinados R$ 336 mil para a compra dos absorventes. A entrega será feita por meio de cotas mensais, conforme a necessidade das estudantes. Para a seleção de beneficiárias, serão usadas como referências as inscrições no  CadÚnico do Governo Federal.

Além da entrega do item de higiene, a Secretaria Municipal de Educação vai promover ações educativas e de conscientização sobre o ciclo e a saúde menstrual da mulher como um todo. Também será feito um acompanhamento da frequência e permanência das alunas contempladas pelo decreto nas instituições.
 


​Leia mais:
Deputados derrubam veto de Zema e restringem circulação de transporte fretado em Minas; entenda
Motores de avião que caiu com Marília Mendonça são transportados para Goiânia nesta quarta