Após desistência em Pedro Leopoldo, fábrica da Heineken pode ser construída em Juiz de Fora; entenda

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
17/12/2021 às 12:21.
Atualizado em 29/12/2021 às 00:34
 (Heineken Brasil/Divulgação)

(Heineken Brasil/Divulgação)

A esperada construção da fábrica da cervejaria Heineken em Minas pode ter outro endereço, após a marca desistir de seguir com o empreendimento em Pedro Leopoldo, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em Juiz de Fora, na Zona da Mata, a prefeita Margarida Salomão (PT) anunciou nessa quinta-feira (16) o interesse em levar a cervejeira para a cidade.  

Durante uma coletiva de imprensa, após evento para apresentar balanço do primeiro ano de governo, a chefe do Executivo municipal declarou que a prefeitura “está tratando desse assunto seriamente”. 

Segundo ela, a cidade tem todas as condições para receber o empreendimento. “Estamos nos movimentando para trazer a Heineken, com convencimento e apresentação das condições competitivas e favoráveis que Juiz de Fora tem”, afirmou. No entanto, a gestora avisou que a empresa só vai se posicionar sobre o assunto a partir de fevereiro de 2022.

Durante o evento, a prefeita de Juiz de Fora também anunciou que pretende levar novos investimentos para a cidade, fortalecendo setores tradicionais como de confecção, turismo, gastronomia e comércio em geral.

Cervejaria

Por meio de nota, o Grupo Heineken informou que ainda não tem um território definido para a construção da nova fábrica.

“Grupo Heineken reafirma seu compromisso com o Estado de Minas Gerais. A companhia está estudando outras áreas e, tão logo seja definido, anunciará o novo local em que será instalada sua cervejaria”, diz o texto.

Embate na Justiça

Após uma série de embates na Justiça, a Heineken anunciou nesta semana que desistiu de construir a fábrica em Pedro Leopoldo. Em setembro, a obra foi embargada em setembro pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A alegação foi de que a fábrica ameaçaria o Monumento Natural Estadual Lapa Vermelha, onde foi encontrado o crânio de Luzia, fóssil mais antigo encontrado na Ámerica.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por