A macrorregião Centro, que engloba a Região Metropolitana de Belo Horizonte, além da Sul e Noroeste, avançaram para Onda Verde do Minas Consciente. A progressão para a fase mais flexível foi anunciada nesta quinta-feira (5) pelo Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que acompanha a situação da pandemia no Estado.

A última vez que a Grande BH esteve na faixa menos restritiva foi na primeira semana de dezembro passado. Vale ressaltar, porém, que algumas prefeituras não aderiram ao programa estadual e possuem regras próprias, como é o caso da capital. 

“Pela primeira vez, depois de muito tempo, estamos vendo o mapa de Minas com o verde prevalecendo”, celebrou o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (5).

A mudança, que passa a valer no sábado (7), foi possível após indicadores, como ocupação de leitos e positividade para o coronavírus, melhorarem nessas localidades nas últimas três semanas. Já nos últimos 14 dias, a taxa de incidência da covid caiu 10% em todo o Estado. Com isso, nove das 14 regionais estão classificadas na faixa verde.

Na onda amarela, entra a Nordeste, que se junta a outras três regiões. Já a Triângulo do Sul é a única macrorregião que segue em situação crítica e, por isso, deve permanecer na onda vermelha.

Além disso, nas últimas quatro semanas, as solicitações de internação tiveram queda média de 30%. Entre todas as faixas etárias, menos pessoas deram entrada nas unidades de saúde e hospitais por causa da doença. Para o gestor, isso é reflexo da vacinação.

“Julho foi o mês em que Minas recebeu mais vacinas. Isso gera impacto direto sobre a população. Mais gente vacinada, menos internações e menos mortes”, afirmou.

Ondas do Minas Consciente

Verde: Centro, Centro-Sul, Jequitinhonha, Noroeste, Norte, Oeste, Sudeste, Sul e Vale do Aço
Amarela: Nordeste, Leste, Leste do Sul e Triângulo do Norte
Vermelha: Triângulo do Sul

*Com informações de Agência Minas

Leia mais:

Número de doses da AstraZeneca previstas para agosto caiu pela metade, diz secretário de Saúde
BH terá mais dois pontos de vacinação contra a Covid-19 com horário noturno a partir desta sexta