Azeites mineiros conquistaram medalhas no Brazil International Olive Oil Competition 2021, concurso que reúne produtores de países da América do Sul, América do Norte e Europa. O azeite Vertentes, de Andrelândia, ganhou medalha de ouro e ficou entre os dez melhores, enquanto o Olivais Gamarra, de Baependi, levou prata na competição. 

As duas cidades ficam na Serra da Mantiqueira, área com clima propício para o cultivo das oliveiras. Pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Pedro Moura explica que a região tem um microclima favorável, com o frio necessário para o plantio. 

Já a azeitóloga Ana Beloto aponta que o clima da região e a diversidade de vegetação impactam positivamente nos produtos, acrescentando complexidade de aromas e sabores. “Ao degustar esses azeites, percebemos notas de frutas tropicais como maracujá, cacau e café verde. Estamos construindo um caminho educativo, no sentido de reconhecer nossos sensoriais e de valorizar a qualidade do produto dessa região”, afirma. 

Pelas especificidades de aromas e notas, os produtos da Serra da Mantiqueira conquistam o paladar e chamam a atenção de pesquisas. Na Epamig, por exemplo, os estudos começaram na década de 1970. 

Os azeites Sabiá da Mantiqueira e Oliq, igualmente da Serra da Mantiqueira, porém no Estado de São Paulo, também foram premiados na competição. 

A lista de vencedores está disponível aqui

*Com informações da Agência Minas.

Leia mais:

Reforço Escolar retorna de forma presencial e remota em Minas
Umidade do ar abaixo de 12% põe Minas em alerta; confira
Ação humana pode ter causado incêndio no Parque das Mangabeiras; 10 hectares foram queimados