Os dois belo-horizontinos infectados com a variante Delta da Covid-19 são adolescentes de 12 e 14 anos, informou o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, nesta terça-feira (27).

Segundo o gestor, eles voltaram de Londres acompanhados da mãe, em 11 de julho. Após contato da equipe técnica de PBH, foi constatado que tinham sintomas do novo coronavírus. Apenas a genitora testou negativo para a doença em exames realizados no último dia 17.

“Nossa equipe foi lá, fez o teste, deu positivo. Encaminhamos para a UFMG para fazer o teste filogenético. Foi identificada a cepa Delta. Esse material também foi encaminhado para a Funed”, explicou o chefe da pasta.

De acordo com Jackson, a família está isolada desde que chegou de viagem. “Como sabíamos que eles estavam vindo de Londres, o isolamento aconteceu antes da positividade dos exames. Estão em casa, clinicamente bem”, completou.

Diante da liberação de 30% do público nos estádios de futebol, o secretário afirmou que o Executivo tem condições de monitorar a circulação do vírus. Desta forma, na hora da venda dos ingressos, é necessário informar nome e telefone de contato. 

“Temos capacidade de detectar contatos nos estádios também, por isso precisamos dos nomes”, finalizou.

 
Leia mais: