O comércio de Belo Horizonte poderá abrir as portas nos três domingos que antecedem o Natal. O anúncio foi feito pelo prefeito Alexandre Kalil nesta quarta-feira (25), durante entrevista coletiva na sede do Executivo.

A medida atende ao pedido feito por representantes dos empresários. Presidente do Sindicato dos Lojistas (Sindilojas), Nadim Donato disse estar satisfeito. "Fizemos várias solicitações e conseguimos esse pleito. Também pedimos a ampliação do horário de funcionamento, ainda sem um retorno", contou.

"Essa abertura é exatamente para diluir as compras, para que as pessoas não se acumulem, não se aglomerem e, obviamente, diminuam as chances de transmissão cruzada no comércio", disse Estevão Urbano, presidente da Sociedade Mineira de Infectologia, que também integra o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da capital.

Leia mais:

‘Nós não vamos fechar a cidade, ainda’, afirma prefeito Alexandre Kalil

‘Estamos avisando os baderneiros: vão ser presos’, disse Kalil; fiscalização será reforçada em BH