O Corpo de Bombeiros informou na noite desta sexta-feira (20) que as chamas foram controladas nas áreas que ofereciam maior risco na Serra da Moeda, que fica no município do mesmo nome, na região Central de Minas. 

Segundo a corporação, uma nova equipe de militares vai ser enviada ao local na amanhã deste sábado para dar continuidade ao combate a possíveis focos que ainda resistem.

Imagens do fogo viralizaram na web na quinta-feira (19) e impressionaram internautas. Isto porque o fogo se alastrou e também atingiu a vegetação que fica às margens da BR-040.

No vídeo é possível ver os carros cercados pelo fogo. Por causa do perigo, a LMG-825 teve que ser interditada. De acordo com os bombeiros e com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), nesta sexta-feira (20) não há pontos de interdição da estrada.

A corporação informou que o incêndio na mata fechada da Serra da Moeda continua em menor proporção. Nesta manhã, os militares desceram a serra para também tentar combater o fogo que continua às margens da área verde e da rodovia.

Incêndio

Desde o início da tarde de quinta, o fogo destrói a área verde da Serra da Moeda. Por volta das 7 horas desta sexta, cerca de oito militares foram para o local e, com a ajuda de abafadores e bombas costais, controlam as chamas. Além de apagar o fogo, os bombeiros umedeceram a vegetação para evitar que as chamas voltem.. 

Destruição

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em apenas uma semana, mais que triplicaram os focos de incêndio em Minas. De 213, a quantidade subiu para 651. 

Por causa dos vários incêndios e do tempo seco, Belo Horizonte foi coberta por uma névoa cinza por dois dias consecutivos. O fenômeno provoca desconforto na população, aumentando os casos de crises respiratórias e desidratação.

Leia mais:
Tempo seco, esfumaçado e quente leva crianças a atendimento médico em BH
Fogo triplica em Minas e sufoco só aumenta em BH
Mais dois incêndios consomem vegetação em pontos da Grande BH e Região Central; veja as imagens
Em meio a tempo seco e vários incêndios, BH tem céu tomado por névoa de fumaça pelo 2º dia seguido