A cadela Bala, especialista em missões de salvamento e resgate do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo, morreu na última sexta-feira (8), aos 12 anos, de causas naturais. Ela atuou nas buscas por vítimas das tragédias de Brumadinho e Mariana, em Minas, e em enchentes no território capixaba.

Da raça pastor alemão, Bala foi o primeiro cão especializado neste tipo de missão no Estado. Por suas ações e contribuição à comunidade, a corporação prestou uma homenagem nas redes sociais.

"Com um currículo repleto de buscas e salvamento, ajudou a tornar o CBMES uma referência nacional na atividade. Nos emprestou com amor e lealdade a habilidade de farejar a vida. E foram muitas", diz a postagem dos militares.

DEIXOU UM LEGADO, SAUDADE E RESPEITO. ESSE OLHAR, QUE TANTO NOS DIZIA O QUE FAZER, HOJE, DESCANSOU. . A cadela Bala, com...

Publicado por Corpo de Bombeiros Militar do ES em Sábado, 9 de janeiro de 2021

Leia também:

Morre, aos 49 anos, Stanley Gusman, apresentador da TV Alterosa, vítima da Covid-19
Veja o abre e fecha no comércio de Belo Horizonte a partir desta segunda