A realização do carnaval de rua de Belo Horizonte, em 2022, ainda está indefinida e os foliões, por enquanto, vão ter que esperar. Durante a audiência pública na Câmara Municipal, nesta quinta-feira (11), a prefeitura da capital informou que ainda não tem condições de decidir se haverá ou não a folia na cidade. O carnaval de Belo Horizonte reúne, em média, cerca de 4 milhões de pessoas.

Segundo a administração municipal, ainda não é possível prever como estará a situação epidemiológica em fevereiro do ano que vem. 

Na tarde desta quinta, durante a audiência pública na Câmara, o presidente da Belotur, Gilberto Castro, informou que apenas 30% dos jovens de 20 a 30 anos - público majoritário da festa - completaram o esquema de vacinação contra a Covid na capital. A PBH respondeu em nota que esse índice é inferior a 30%, mas não deu detalhes. E explicou que, na próxima semana, vai fazer uma convocação de repescagem para a segunda dose, chamando pessoas de 29, 26, 25, 24, 22, 21 e 20 anos que perderam a data anteriormente.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, para garantir que as pessoas se vacinem, as equipes de saúde, durante as visitas domiciliares, conferem a situação vacinal e reforçam a importância de tomar a dose que previne contra a Covid-19. 

 

Leia tambémDuas escolas municipais infantis de BH têm aulas suspensas após confirmação de casos de Covid
CPI da Covid rejeita relatório que indiciava infectologistas e aprova novo texto com Kalil como alvo