Em 24 horas, Minas registrou 4.222 novos casos de Covid-19 e chegou a 473.225 infectados pelo coronavírus desde o início da pandemia, em março. Os dados são do boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (15) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Conforme o levantamento, no mesmo período, o Estado confirmou oito mortes por complicações da doença. Ao todo, 10.719 pessoas perderam a vida pelo vírus. Dos 853 municípios mineiros, 690 atestaram ao menos um óbito pela enfermidade. 

Por outro lado, a SES indica que 428.053 pacientes se recuperaram da Covid em Minas. Destes, 34.453 ainda estão em acompanhamento médico, internados ou em isolamento domiciliar.

Belo Horizonte lidera em número de casos, com 55.990 infectados e 1.739 mortes. Logo em seguida vem Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 39.579 confirmações e 724 óbitos.

Vacinação em Minas

Nesta segunda-feira (14), o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou que o Estado seguirá o programa federal de imunização contra a Covid-19. O gestor explicou que a SES trabalha em consonância com o Ministério da Saúde para a obtenção e distribuição da imunização. Segundo ele, esse é o formato mais correto e seguro a se seguir, pois garante o controle centralizado das ações em todo o país.

Imunização em BH

Na semana passada, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou que fez acordos com o Instituto Butantan e com a UFMG para garantir a imunização dos moradores contra o coronavírus. Não há data, no entanto, para o início da vacinação na capital, o que deverá ocorrer apenas após a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Nesta terça-feira (15), o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), irá se reunir com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). O assunto da reunião não foi confirmado, mas segundo fontes ligadas à PBH, o principal tema a ser tratado é a Coronavac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac. O imunizante será usado pelo governo paulista.

Leia mais:

Kalil se encontra com Doria em São Paulo para discutir vacinação contra a Covid-19

Zema critica promessa de vacina contra Covid antes da liberação nacional: 'ninguém tem ainda'