Foram anunciados, nesta quarta-feira (20), os vencedores do 13º Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal. A iniciativa é da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater), que avaliou 132 iguarias inscritss por produtores em todo o território.

O objetivo da competição é promover o produto símbolo do Estado e incentivar a melhoria na produção, além de fomentar as vendas em todo o país. Os produtos foram avaliados por um grupo de 35 jurados, especializados em diversas áreas como gastronomia, jornalismo, veterinária e até acadêmicos de história e antropologia.

O concurso foi dividido em dois tipos de premiação: os ganhadores por região e os campeões estaduais da edição 2021. No total, foram avaliados cinco quesitos: a apresentação do queijo, cor, textura, consistência e quesito com maior peso na nota, o sabor e aroma. 

Na avaliação por regiões, a nota máxima foi estabelecida como 500 pontos. Para a estadual, 3.500. “O queijo foi avaliado por sua complexidade de texturas e sabores. Nós, mineiros, conhecemos a nossa relação afetiva e histórica com esse produto”, comentou Ana Maria Valentini, secretária de Agricultura de Minas.

Na premiação estadual, 39 iguarias chegaram à final. O grande vencedor foi o Queijo Jacuba, produzido em Coronel Xavier Chaves, na região do Campo das Vertentes. Ele recebeu 2.964 votos.

A lista completa dos vencedores por regional, assim como a classificação final do concurso, estão disponíveis no site da Emater.

Leia mais:
BH divulga calendário da vacinação contra Covid até o dia 29; veja grupos
Acordo entre PBH e empresas de ônibus amplia idade máxima para frota na capital