O corpo do piloto Allan Duarte de Jesus Silva, de 29 anos, está sendo velado na manhã desta quarta-feira (23), no Cemitério Belo Vale, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O enterro está previsto para as 17h30.

O piloto morreu na tarde dessa terça (22), no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde estava internado em estado gravíssimo. Ele teve 96% do corpo queimado, após a queda de um avião no bairro Caiçara, na região Noroeste de Belo Horizonte, na segunda (21). 

Familiares do piloto estavam no Hospital João XXIII, quando receberam a informação sobre a morte. Chorando muito, eles não quiseram falar com a reportagem do Hoje em Dia. Parentes das outras vítimas internadas também se reuniram na recepção do hospital à espera de notícias e também não falaram com a imprensa.

As outras duas vítimas do acidente permanecem internadas na unidade. Ainda na segunda, elas foram encaminhadas para a Unidade de Tratamento intensivo (UTI) do João XXIII e, na terça, Thiago Funghi Alberto Torres, de 32 anos, foi o primeiro a ser transferido para tratamento convencional e aguarda cirurgia no decorrer da semana, após ter tido 55% do corpo queimado. Srrael Campras dos Santos, de 33 anos, continua na UTI, com 32% do corpo queimado.

O acidente

Allan era o piloto do avião de pequeno porte que havia decolado do aeroporto Carlos Prates na segunda-feira (21). Cerca de 20 segundos após a decolagem, o avião perdeu altitude, atingiu a rede elétrica e explodiu. Três pessoas morreram no local: um tripulante da aeronave e dois homens que estavam em um carro, na rua. Os corpos dos três foram enterrados nessa terça.

Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), da Força Aérea Brasileira (FAB), veio a Belo Horizonte para fazer a perícia no avião, que não tinha caixa-preta.

Allan era piloto há 10 anos e estaria em BH a trabalho. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). sua habilitação estava em dia.

Leia mais:
Com 90% do corpo queimado, piloto do avião que caiu no Caiçara não resiste e morre no João XXIII
Corpos das vítimas de queda de avião são liberados no IML e serão enterrados nesta terça
Primeiro dos três feridos em acidente de avião deixa a UTI do João XXIII