A primeira manhã de vacinação contra a Covid-19 para pessoas com comorbidades em pontos de drive-thru foi marcada por baixo movimento e pouco tempo de espera em Belo Horizonte. A partir desta quinta-feira (13), a prefeitura da capital mineira ampliou os locais para imunização, incluindo mais dois postos extras e cinco de drive-thru. Hoje, belo-horizontinos de 48 e 49 anos, com comorbidades, e aqueles com deficiência permanente, de 18 anos ou mais, estão sendo vacinados na cidade.

Quem compareceu ao ponto de vacinação do Cop/BHTrans, localizado no bairro Buritis, na região Oeste de BH, não precisou enfrentar grandes filas durante a manhã desta quinta. “Foi rápido, excelente, a organização foi muito boa. Achei que demoraria horas, mas foi questão de 10 minutos para vacinar. Agora eu vou ficar mais tranquilo com a segunda dose porque só metade do processo foi feito”, disse o engenheiro Emerson Nascimento, de 48 anos, que esteve no local ainda na manhã de hoje.

No local, assim como nos demais pontos de drive-thru, a imunização ocorre até às 16h de hoje e das 8h às 16h de amanhã (14) (clique aqui e veja os endereços). Os demais pontos fixos funcionam das 7h30 às 16h.

A ampliação dos grupos prioritários da imunização também segue nesta sexta (14) com a vacinação de pessoas com doença crônica, de 42 a 47 anos, completados até 31 de maio. A expectativa é vacinar cerca de 29 mil pessoas nos dois dias.

Vale lembrar que só serão imunizados aqueles que concluíram o cadastro de forma antecipada por meio do portal da prefeitura. Também é preciso apresentar exames, receitas, relatório ou prescrição médica que comprove a comorbidade, além de um documento de identidade com foto e um comprovante de residência. A pessoa não pode ter tomado qualquer vacina nas últimas duas semanas nem ter testado positivo para o coronavírus com início dos sintomas nos últimos 30 dias. 

A proteção dos belo-horizontinos com comorbidades começou sexta-feira (7). O grupo contempla pessoas com síndrome de Down, deficiência permanente inscritas no programa Benefício de Prestação Continuada (BPC), doença renal crônica e gestantes e puérperas.

Reabertura de cadastro

Também nesta quinta, o município vai reabrir o cadastramento para os belo-horizontinos com comorbidades que não se registraram na primeira fase. A pessoa pode se inscrever até domingo, mas deverá tomar a dose só a partir da semana que vem.

Segundo dados do boletim epidemiológico e assistencial da PBH, mais de 636 mil moradores da capital foram vacinados com a primeira dose da CoronaVac, Astrazeneca ou Pfizer. Desta parcela, cerca de 276 mil já receberam o reforço.

(*) Com Luiz Augusto Barros e Lucas Prates

Leia mais:
Pessoas com comorbidades cadastradas a partir desta 5ª devem ser vacinadas só semana que vem em BH
Novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Brasil
Novo grupo, cadastro reaberto e drive-thru: BH acelera vacinação das pessoas com doenças crônicas