Na manhã desta segunda-feira (6), um detento colocou fogo em um colchão, provocando tumulto na penitenciária de Nova Lima. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que policiais penais do Presídio de Nova Lima tiveram que controlar as chamas.

Segundo informações da Sejusp, durante a contenção, foi necessário fazer a retirada de outros presos do local para o pátio. A medida, prevista em protocolo da instituição, foi necessária para facilitar os trabalhos e preservar a saúde dos outros detentos.

O preso que provocou a desordem e demais envolvidos passarão pela Comissão Disciplinar do presídio, podendo sofrer sanções administrativas. 

A direção da unidade prisional também irá instaurar um procedimento interno para apurar administrativamente o ocorrido e avaliar os danos ao patrimônio. 

A instituição informou que não foi necessário nenhum atendimento médico aos demais detentos devido à fumaça e que não houve feridos. Apenas um preso precisou ir para a enfermaria da unidade, mas não apresentou ferimento ou gravidade.

A Sejusp negou que o fato possa ter sido um princípio de rebelião.

Leia mais:
Dólar e inflação salgam banquete natalino, mas comércio espera alta nas vendas
Sem trégua, chuva vai continuar nos próximos dias na Grande BH e interior de Minas; confira previsão