Pelo menos 20 representantes de diversos segmentos comerciais de Belo Horizonte estão reunidos na tarde desta quarta-feira (15) com o prefeito Alexandre Kalil e com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 criado na capital. A reabertura dos estabelecimentos, fechados desde 29 de junho, é a pauta do encontro.

Após a reunião, que acontece às portas fechadas na sede da prefeitura, no Centro da cidade, o chefe do Executivo municipal deve fazer um pronunciamento à imprensa.

Na última segunda-feira (13), nove entidades empresariais encaminharam uma proposta para que pontos de comércio não essenciais voltem a funcionar na cidade. 

A ideia é que lojas de rua e centros comerciais abrissem as portas de terça a sexta-feira, das 11h às 19h. Já os shoppings, de quarta a sábado, no horário de 12h às 20h.

A proposta, de acordo com os comerciantes, vai permitir diluir a circulação de pessoas nas ruas e diminuir o número de passageiros no transporte coletivo, além de ajudar a movimentar a economia na capital.