A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) suspendeu, nesta sexta-feira (13), a visita íntima que os detentos têm direito no sistema prisional mineiro devido à pandemia por coronavírus (Covid-19). Medida foi tomada, dentre outros motivos, pelas características físicas das unidades. Em BH, diversos serviços, além da agenda cultural e das aulas em uma escola internacional, sofreram alteração devido à doença.

A resolução ainda prevê que cada preso passe a poder receber apenas um visitante. Além disso, ficam suspensas visitas de Organizações da Sociedade Civil (OSC), entidades religiosas e de idosos (maiores de 60 anos). As mesmas regras valem para o sistema socioeducativo, onde estão os cidadãos menores de 18 anos.

Conforme a Sejusp, todos os visitantes que forem aos presídios em Minas serão submetidos a uma avaliação de suas condições gerais de saúde. O objetivo é evitar a transmissão do vírus à população prisional e aos jovens em cumprimento de medida socioeducativa.

Segundo a pasta, as medidas foram necessárias devido ao aumento do número de registros de infectados pelo coronavírus no Brasil; considerando ainda a vulnerabilidade dessas populações e pelas características físicas das unidades.

Preparação para contaminados

A secretaria ainda informou que, além dessas medidas, trabalha na preparação das unidades para receber os possíveis contaminados, caso ocorram. Também declarou que desenvolverá ações profiláticas, com foco na preservação da saúde da população carcerária, dos jovens, de seus familiares, dos servidores e dos prestadores de serviço dos sistemas penitenciário e socioeducativo.

"Vale ressaltar, ainda, que a Sejusp possui protocolos de atuação interna nas unidades prisionais e socioeducativas, com fluxos definidos, de acompanhamento de saúde e observação de presos, jovens, servidores e colaboradores que possam apresentar qualquer sintoma de gripe ou histórico de viagem para o exterior", concluiu a nota da Sejusp.

Leia mais:
Minas tem mais de 300 casos suspeitos de coronavírus, e BH registra o maior crescimento do Estado

Coronavírus muda rotina de serviços em BH, do Procon ao Fórum
Em BH, escola italiana suspende aulas até o fim do mês em prevenção ao coronavírus