Com o objetivo de ampliar e melhorar o atendimento gratuito aos animais da população de baixa renda, o Hospital Público Veterinário de Belo Horizonte passará por uma reestruturação e ganhará nova sede, localizada no bairro Madre Gertrudes, na região Oeste da capital. Por conta das mudanças, as atividades voltarão apenas na quarta-feira (5), a partir das 8h.

No primeiro momento, estão previstas consultas para prescrição médica, realização de curativos e tratamento de feridas. Casos graves e de urgência serão encaminhados para clínicas parceiras. 

Na nova estrutura, o atendimento ao público passa a ser das 8h às 18h. A equipe da Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de Minas Gerais (Anclivepa-MG), parceira da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), conta com quase 40 profissionais para a prestação do serviço. 

“Teremos um setor específico para exames de corpo delito em animais sob maus-tratos, em ação da prefeitura em apoio às policias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros, além de consultório e sala de espera específicos para os felinos”, explicou o gerente de Defesa dos Animais, Leonardo Maciel, ao portal da PBH.

O atendimento de equipes de resgate e animais vítimas de atropelamento será feito pela rua Albert Scharle. A atenção ao público será individualizada, com um profissional da área veterinária destinado ao acompanhamento do tutor e do animal do início da consulta até a saída da unidade. No local, é obrigatório o uso de máscara e o distanciamento para evitar a disseminação da Covid-19.

Os documentos necessários para atendimento serão Carteira de Identidade (RG), CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte, além de inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). 

Leia mais:

BH deve receber 50 mil doses da vacina da Pfizer nesta semana, diz Ministério da Saúde
Responsáveis por alunos devem procurar escolas para saber sobre greve e volta às aulas em BH