Pelo segundo ano consecutivo, o Festival Luzes da Liberdade está iluminando o Natal de Belo Horizonte. A partir desta terça-feira (7), quem passar pela Praça da Liberdade, na região Centro-sul da capital, poderá ver a tradicional decoração natalina (veja mais imagens no final da matéria).

A ação ocupará toda a praça e será dividida em quatro quadrantes temáticos: "Caminhos da Vida", "Caminhos das Águas", "Caminhos dos Céus" e "Caminhos das Gerais". Eles levam a população a uma experiência de luzes interativas. São mais de 35 mil m² de área iluminada.

Alguns edifícios que compõem o Circuito da Liberdade, como o Centro Cultural Banco do Brasil, o Memorial Vale e o Museu de Minas e do Metal, também receberão intervenções do projeto. Nesses locais serão feitas projeções e iluminação cênica.

A primeira parte, "Caminhos da Vida", é formada por túneis de tubos de LED que provocam uma explosão de cores no jardim em frente ao icônico edifício Niemeyer. Nela, o público poderá percorrer o caminho até o coreto da praça, que também está totalmente coberto por luzes interativas.

No segundo espaço, em frente ao prédio verde do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas (Iepha), o “Caminho das Águas” apresenta uma integração da enorme fonte com LEDs cor de neon que simulam ondas nos canteiros que a circundam.

O terceiro quadrante, denominado "Caminhos dos Céus", traz a experiência de um show de luzes na fonte localizada na direção do Memorial Vale, além de vagalumes luminosos espalhados pelos canteiros e outras intervenções luminotécnicas.

Já na quarta sessão, “Caminho das Gerais", os visitantes poderão contemplar uma árvore de Natal tecnológica formada por painéis de LED, que farão projeções de animações temáticas. A estrutura está localizada em frente ao edifício da Funarte.

Na Alameda Travessia, uma instalação de mais de 200 m contará com uma onda de luzes. Além disso, as tradicionais palmeiras e árvores do entorno também foram revestidas por espirais de luzes.

Segurança 

Para reforçar as ações de segurança, agentes da Unidade Integrada de Trânsito – composta pela BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal – vão operar o tráfego na região. Duplas de agentes da Guarda Municipal também irão patrulhar o perímetro da Praça da Liberdade. Além disso, viaturas da corporação e câmaras do Centro Integrado de Operações também farão parte da operação.

 

Leia também
Comércio de BH projeta faturamento de R$ 3,2 bilhões com vendas do Natal
Bairros de Manhuaçu, na Zona da Mata, ficam alagados após fortes chuvas desta terça-feira