Matrícula para Ensino Médio em Tempo Integral da rede pública estadual acontece até sexta-feira

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
17/01/2022 às 20:56.
Atualizado em 21/01/2022 às 12:15
 (ABr)

(ABr)

Os jovens inscritos no Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) da rede pública estadual têm até a sexta-feira (21) para efetivação da matrícula. Para isso, os pais ou responsáveis dos estudantes, menores de 18 anos, devem comparecer à escola para a qual o aluno foi encaminhado levando toda documentação necessária. A lista completa você confere no fim da matéria. 

Poderão fazer a matrícula no sistema de ensino as pessoas que se inscreveram no Sistema Único de Cadastro e Encaminhamento para Matrícula (Sucem).  Aqueles que possuem interesse em estudar em uma escola que oferece o EMTI e ainda não realizou o cadastro, pode aguardar o período de vagas remanescentes, que deverá acontecer entre os dias 1º e 23 de fevereiro. 

O EMTI tem o  objetivo de proporcionar a formação integral e inclusão social dos adolescentes e jovens. De acordo com o Governo de Minas, a jornada escolar ampliada ajuda não só no aprendizado, mas também no desenvolvimento de habilidades em diferentes práticas, garantindo uma formação mais completa.

Em 2022, 601 escolas estão oferecendo a nova modalidade de ensino. São 97 mil vagas.

Documentação para a matrícula:

  • Documento de Identidade ou, na sua ausência, Certidão de Nascimento/Casamento do aluno, original e cópia;
  • CPF do aluno, original e cópia, sendo obrigatória a apresentação se for maior de idade e facultativa se menor de idade;
  • Comprovante de residência, original e cópia, no nome de um dos pais/responsáveis ou do aluno, quando maior de idade;
  • Histórico Escolar ou Declaração de Transferência, com indicação do ano de escolaridade que o aluno está habilitado a cursar em 2022, ficando o documento original na escola;
  • Histórico Escolar ou Declaração de Conclusão do ensino médio ou Parecer da Secretaria de Estado de Educação e publicação de Equivalência de Estudos, concluídos no exterior, ao ensino médio brasileiro, para o candidato/aluno que for ingressar no curso técnico na forma subsequente; ou
  • Histórico Escolar ou Declaração de Escolaridade, comprovando matrícula no ensino médio, para o aluno que for ingressar no curso técnico na forma concomitante;
  • Para o aluno menor de idade é necessária, ainda, a apresentação de documento de identidade e do CPF, originais e cópias, de um dos pais/responsável.
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por