Um garoto de 4 anos foi atacado por um cachorro da raça pitbull na manhã dessa terça-feira (27), em uma praça do bairro Pompeia, região Leste de Belo Horizonte. Ele teve lesão nas pálpebras, mas sem perfuração do olho.

Segundo a Polícia Militar, a tia da criança contou que cuidava dele enquanto a mãe trabalhava. Na praça, o menino, que é autista, encostou algumas vezes no animal, que estava sem focinheira. Quando a mulher afastou o sobrinho do cão, viu que o olho dele estava ferido, possivelmente por uma mordida.

Ela levou a vítima para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na região Centro-Sul da capital. Lá, passou por uma cirurgia.

De acordo com a mãe da criança, a operação foi feita na tarde de terça e durou cerca de uma hora e meia. O ferimento poderá deixar sequelas, sendo necessário acompanhamento médico.

O menino teve alta na manhã de hoje. A tia da criança registrou boletim de ocorrência. "Não pode acontecer uma coisa dessas e o dono do cachorro ficar impune. Hoje foi o meu sobrinho, mas amanhã pode ser o de outra pessoa", afirmou.

O dono do cão e a tia da vítima prestaram depoimentos à Central de Flagrantes (Ceflag) ainda na terça-feira.

Leia mais:
Animais de estimação transmitem Covid-19 para humanos? Veja tira-dúvidas sobre a doença nos pets
Professor universitário é sequestrado por dupla em Betim; um suspeito foi preso
Caixa paga nesta quarta-feira auxílio emergencial a nascidos em outubro