Em Minas Gerais, 382.709 pacientes já se recuperaram da doença, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta terça-feira (1º).

Ao todo, 419.655 mineiros foram diagnosticados com a enfermidade. Destes quadros, 10.051 evoluíram para óbito, 10 deles registrados nas últimas 24 horas. Dos recuperados, 26.895 são acompanhados pelo governo, internados em unidades de saúde por conta de complicações da doença, ou em casa, em isolamento.

Conforme o levantamento, no intervalo de um dia, 3.320 novos casos foram confirmados no estado. Apenas Cedro do Abaeté, na região Central, não teve notificações do coronavírus. Dos 853 municípios mineiros, 674 atestaram ao menos uma morte. 

Em Belo Horizonte, 52.764 pessoas foram infectadas pelo vírus e 1.649 morrem. Atrás da capital, vem Uberlândia, com 37.915 confirmações e 713 óbitos.

Ocupação de leitos volta a subir

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria reservados para pacientes com Covid em BH já atingem 40,8% e 41%, respectivamente. Os números foram divulgados pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) através do boletim epidemiológico de segunda-feira.

Depois de uma leve queda, quando os dados ficaram abaixo dos 40%, a taxa voltou a subir. No entanto, ainda estão no nível “verde”, mas em atenção. De 50% para cima, passa para o “amarelo”. No entanto, o valor médio de transmissão por infectado (Rt) está em queda, embora ainda em estado de alerta, chegando a1,03, o que significa que 100 pacientes transmitem para outras 103 pessoas.

Leia também:
Ocupação de leitos reservados para Covid-19 volta a subir em Belo Horizonte; taxa passa de 40%
Operação da PF combate fabricação de álcool em gel falsificado na Grande BH