Uma mulher, de 42 anos, teve um choque anafilático após ataque de abelhas na rua Curitiba, na região Central de Belo Horizonte, nesta quinta-feira (16). Segundo o Corpo de Bombeiros, ela está consciente e foi conduzida ao Hospital Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, na região Centro-Sul. 

A corporação informou que um homem que estava no local também foi picado, mas não precisou de atendimento médico.

Os agentes isolaram a região para capturar os insetos. De acordo com a corporação, a ocorrência está em andamento e ainda não há detalhes sobre como o ataque aconteceu.

Como reconhecer um choque anafilático?

O choque anafilático é uma grave reação que acontece logo após uma pessoa entrar em contato com a substância que lhe provoca alergia. Um dos sintomas dessa resposta do organismo é o fechamento da garganta, que impede a respiração adequada e pode levar a óbito se não tratada corretamente. 

Outros sintomas dessa reação alérgica, além da dificuldade para respirar, são: tosse, náusea, vômitos, taquicardia, inchaço nos lábios, língua ou garganta, palidez, sudorese fria, coceira no corpo, tontura e desmaio. 

Em caso de choque anafilático, a recomendação é buscar socorro médico imediatamente e monitorar os sinais vitais da vítima até que a equipe de urgência faça o atendimento. 

Leia mais:

Com novos auxílios, 71 mil famílias de BH podem receber R$ 1 mil em novembro
'Pegou todo mundo de surpresa, um absurdo', diz médico sobre suspensão da vacinação de adolescentes
Novos auxílios para 1 milhão de famílias, em Minas e BH, só amenizam extrema pobreza