Pacientes com Covid-19 de Coromandel, no Alto Paranaíba, serão transferidos para Belo Horizonte a partir desta sexta-feira (19), segundo informações da secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). A medida tenta contornar a situação que vive a região em relação à pandemia do novo coronavírus, com explosão de casos da doença e esgotamento do sistema de saúde, com falta de leitos. 

A expectativa do governo é que sejam transferidos 16 pacientes para hospitais da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). Entre eles, 15 serão encaminhados para o Hospital Eduardo de Menezes, sendo três para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros para enfermaria. Uma pessoa irá para o Hospital Júlia Kubitschek, em leito de enfermaria.

“Estamos monitorando e acompanhando de perto a situação na região para tomar as medidas necessárias com a máxima urgência. No que depender do Governo de Minas, não mediremos esforços", afirma o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral. Esta semana, ele esteve presente em uma força-tarefa especial, realizada nas cidades de Coromandel e Uberlândia. 

As transferências serão feitas via transporte aéreo, com apoio do Suporte Aéreo Avançado de Vida (SAAV-MG), fruto de uma parceria entre a SES-MG e o Corpo de Bombeiros. Nas cidades, os pacientes serão transportados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Autorização por meio da PBH

Ontem (18), a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou que havia autorizado a transferências de pacientes de Coromandel para hospitais da capital. Segundo o Executivo municipal, o pedido partiu do secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral. 

 “Esta autorização foi motivada por uma questão humanitária e os pacientes serão levados para hospitais do Estado dentro da capital”, explicou o secretário Municipal de Saúde da capital mineira, Jackson Machado.

Leia mais:
Coromandel implanta barreiras sanitárias e toque de recolher para conter a Covid
Saúde avalia ampliar leitos para atendimento à Covid em 27 cidades do Triângulo Norte
Estado inicia força-tarefa para auxiliar municípios do Triângulo com UTIs lotadas