Com 152 óbitos confirmados nas últimas 24 horas, Minas tem nesta quarta-feira (5) o pior dia de notificações desde o início da pandemia. Até então, o recorde de mortes havia ocorrido na terça-feira (4), com 149 vidas perdidas.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) explicou que a alta se deve a uma atualização dos registros atrasados no sistema. Ou seja, apesar das confirmações feitas entre ontem e hoje, os óbitos não ocorreram nesse período.

Agora, o Estado tem 3.195 mortes em decorrência do novo coronavírus. Os infectados pela síndrome somam 139.661, sendo que 3.933 foram atestados nas últimas horas. 

O boletim epidemiológico da SES revela que, desde o início da pandemia, em março, 108.364 doentes se recuperaram e estão livres da enfermidade. Atualmente, 28.102 seguem em acompanhamento.

Avanço

Até o momento, 815 dos 853 municípios mineiros registraram ao menos um caso da Covid-19. Apenas 38 cidades continuam livres do vírus. Com 21.807 casos confirmados, Belo Horizonte é a mais afetada no Estado. 

A partir de quinta-feira (6), a metrópole avança no processo de flexibilização social. Shoppings, galerias e lojas de roupas, que há quatro meses estavam fechados, vão poder reabrir. No entanto, os estabelecimentos deverão seguir rígidas regras sanitárias.

Leia mais:
Saiba como os shopping, lojas de roupas e galerias vão funcionar em BH a partir de quinta-feira
Prefeitura libera comércio na capital nesta quinta e 'testa' população