O tempo nublado e a queda de temperatura parecem ter desanimado os moradores de Belo Horizonte. Fechadas desde o início da pandemia, as praças públicas registram pouca movimentação nesta sexta-feira (21). Os espaços foram reabertos pela prefeitura na tarde dessa quinta-feira (20).

Nesta manhã, a reportagem do Hoje em Dia percorreu as praças da Liberdade, no Funcionários, e da Assembleia, no Santo Agostinho, ambas na região Centro-Sul; além da praça Floriano Peixoto, no Santa Efigênia, na região Leste.

A maioria dos frequentadores utiliza a máscara de proteção para passear. Caso do turismólogo Caique Morais, de 31 anos, que levou o cachorro até a Praça da Liberdade. 

caique-praca-liberdade

Caique voltou a passear com o cachorro na Praça da Liberdade

"Para mim, voltar a frequentar a praça é bem-estar. Nesse tempo de confinamento, estar em contato com a natureza, em espaço aberto, fez muita falta", contou o jovem, que é de Itaúna, no Centro-Oeste de Minas, e mora na capital há 11 anos.

Uso de praças

A liberação do uso das praças, sem aglomerações, foi anunciada nessa quinta pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), juntamente com a permissão para que o comércio reabra de segunda a sexta-feira a partir da próxima semana.

Já os parques deverão abrir gradualmente, a partir de 29 de agosto.