Alvo de polêmicas recentes, o prefeito de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Christiano Xavier (PSD), solicitou um estudo à Secretaria de Saúde sobre a possibilidade de desobrigar o uso de máscaras em eventos na cidade. No entanto, o órgão desaconselhou a medida.

“Pedi para estudarem a possibilidade de eventos domiciliares, com até 200 pessoas, com pessoas vacinadas e testadas, uso de termômetros, não ser necessário o uso da máscara”, afirmou ao Hoje em Dia.

Porém, segundo o mandatário, a secretaria disse que é necessário avançar mais na vacinação contra a Covid-19 e em um monitoramento da variante Delta, com duas ocorrências na cidade. Ao todo, 8,6 mil pessoas testaram positivo para o coronavírus no município. Destes casos, quase 500 evoluíram para óbitos. 

Conforme o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nessa terça-feira (24), a taxa de ocupação das UTIs destinadas ao tratamento da doença está em 56%, enquanto das enfermarias é de 41%.

Polêmica

No último sábado (21), o gestor participou de um show particular do cantor Leonardo e não utilizou o equipamento de proteção. Ele postou vídeos nas redes sociais, o que causou revolta de alguns moradores. Ao mesmo tempo, muitas pessoas apoiaram  o prefeito.

"Você é um fanfarrão, senhor prefeito. Enquanto estamos trancados em casa por conta dessa vacina atrasada, você se diverte com esse bando de 'playboy' e 'patricinha'. E ainda é capaz de chamar de hipócrita quem está pagando o seu salário! Você é um fanfarrão!", comentou uma pessoa.

Em resposta, o prefeito disse: “sou mesmo, é bom demais viu sô tava topppppppp". A participação do prefeito na festa fechada ocorreu em um haras no mesmo dia da reabertura do Mega Space, também em Santa Luzia. 

Na cidade da Grande BH, as festividades foram liberadas em 7 de julho deste ano. O decreto autorizou eventos particulares, que observem a proporção de quatro metros quadrados por pessoa e que funcionem em espaços ao ar livre.

Leia mais:

Santa Luzia: prefeito vai a festa, é chamado de 'fanfarrão' e responde: 'sou mesmo'
Terceira dose da vacina contra Covid será aplicada a partir de setembro, diz Ministério da Saúde