A possibilidade de chuvas intensas e com volume de 100 milímetros na sexta-feira (24), em Belo Horizonte, e de 250 milímetros entre a noite desta quarta (22) e sábado (25), na Grande BH, tem alarmado a população e fez com que a prefeitura anunciasse que vai executar um plano emergencial para o período. Em 11 pontos da cidade, serão distribuídos caminhões, carregadeiras, escavadeiras, retroescavadeiras, tratores, caminhões prancha e hidrojatos.

As chuvas fortes são esperadas a partir da noite desta quarta-feira (22), podendo continuar até o próximo sábado (25). Ainda não é possível prever as regiões mais afetadas, mas as pessoas devem ficar atentas e redobrarem cuidados no período indicado.

Caso seja necessário a remoção imediata de resíduos, 61 equipes da SLU com 488 garis e todo o aparato de equipamentos também vão estar de plantão. A prefeitura disse ainda que já reservou vagas em pousadas da capital, caso haja a necessidade de abrigar famílias atingidas pela chuva e equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social estarão de plantão 24 horas para atendimentos.

A mobilização integrada e preventiva nas áreas de risco vai contar com a Secretaria de Saúde, por meio dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Defesa Civil, Secretaria de Assistência Social, Urbel e BHTrans. 

A Defesa Civil também fará a distribuição de colchões, cestas básicas, cobertores e jogos de lençol. Além disso o órgão faz algumas recomendações durante a chuva como evitar áreas de inundação e não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva; não atravessar em ruas alagadas ou deixar crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos. Outra medida importante é evitar se abrigar e nem estacione veículos debaixo de árvores. A população deve ter atenção especial em áreas de encostas e morros e jamais se aproximar de cabos elétricos rompidos. Em caso de emergência, ligue para a Cemig (116) ou Defesa Civil (199).

Força-tarefa

Para acompanhar essas ações, o prefeito Alexandre Kalil transferiu o gabinete para o Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH). A força-tarefa montada vai monitorar a evolução climática na cidade nos próximos dois dias. O grupo de trabalho é formado por representantes das secretarias e órgãos da prefeitura, além do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Copasa, Cemig e Gasmig. 

Pontos no mapa os pontos de BH que terão equipamentos especiais para a chuva

Pontos de BH que terão equipamentos especiais para a chuva

Locais de Funcionamento:

Praça 1º de Maio próximo à estação São Gabriel

Avenida Cristiano Machado com Via 240, próximo à Estação São Gabriel

Avenida Vilarinho com Álvaro Camargos

Avenida Teresa Cristina com Via 210

Avenida Bernardo Vasconcelos

Avenida Francisco Sá

Avenida Prudente de Morais

Avenida Otacílio Negrão de Lima     

Aavenida Silva Lobo

Avenida Silviano Brandão com Pitangui 

Leia mais:
Previsão de chuvas para a Grande BH é de 250mm até sábado
Avenida Teresa Cristina deve ser evitada durante a chuva; veja outras recomendações
Atingidos pela chuva querem emissão gratuita dos documentos perdidos, bolsa emergencial e dignidade
BH decreta situação de emergência por causa da chuva; governo federal emite alerta para Minas