Em alta no Brasil, a cirurgia robótica vem ganhando cada vez mais espaço em Minas, considerado o terceiro estado que mais realiza esse tipo de procedimento no país, segundo pesquisa feita pela Intuitive Surgical. Diante disso, o Hospital São Lucas, de Belo Horizonte, adquiriu um robô especializado em operações ortopédicas. 

Utilizado em procedimentos de substituição total do joelho por próteses, a máquina torna as intervenções mais precisas e seguras, contribuindo também para a recuperação mais rápida do paciente. Apelidado de “Rosa”, é o primeiro robô de Minas com essa especialidade.

O equipamento, desenvolvido pela multinacional Zimmer Biomet, é considerado o mais avançado no mundo em procedimentos ortopédicos. "Por meio de um sistema intuitivo que auxilia na tomada de decisões, o cirurgião pode planejar cortes precisos e validar o local exato da prótese, impedindo folgas e garantindo o correto ajuste à anatomia do paciente", avaliou Juraci de Oliveira, chefe de Serviço de Ortopedia do Hospital São Lucas.

Com procedimentos mais eficientes e seguros, quem ganha é o paciente, pois há uma redução das dores e nas complicações no pós-operatório. "O impacto dessa tecnologia vai muito além da mesa de cirurgia, pois influencia desde o planejamento da operação até a total reabilitação do paciente", afirmou o médico. 

O hospital

O Hospital São Lucas é uma das instituições da área mais antigas de Belo Horizonte, sendo referência na saúde suplementar mineira. A unidade vem investindo em inovação e na modernização do parque tecnológico, o que inclui a incorporação da cirurgia robótica, a reforma de todas as salas do centro cirúrgico, entre outras ações.

Leia mais:

Equipamentos de hospital de campanha de Minas foram destinados à rede Fhemig
Pessoas com comorbidades poderão se vacinar contra gripe nas farmácias Droga Clara e Araujo em BH