O fim do uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos em Minas pode acontecer em “questão de semanas”, de acordo com governador Romeu Zema (Novo). Em entrevista à CNN Brasil na manhã desta segunda-feira (25), Zema afirmou que os bons indicadores da Covid-19 no Estado justificam o avanço na flexibilização das medidas para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

“O nosso número de casos de internação e também de óbitos tem caído dia a dia há mais de 120 dias. Isso demonstra que o processo de imunização tem funcionado”, disse o governador.

O chefe do Executivo estadual, no entanto, afirmou que a medida de proteção seguirá sendo obrigatória em ambientes específicos. "Sempre digo que dentro do transporte coletivo, em ambientes onde há uma grande aglomeração como festas, como um estádio, é muito provável que o uso de máscaras ainda continue por um bom tempo”.

Mais que algumas semanas

O governador não foi específico em relação a quando as máscaras deixarão de ser obrigatórias e qual a extensão da medida. Procurada pela reportagem, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informou que espera que até dezembro seja possível tornar o uso de máscaras facultativo em locais abertos e arejados.

O órgão justifica a previsão a partir do cronograma de entrega de vacinas do Ministério da Saúde, que permite que o Estado conclua a proteção (com duas doses ou dose única da Janssen) de mais de 70% da população adulta, estágio considerado como “imunidade coletiva”.

A expectativa de alcançar a imunidade coletiva em dezembro representa um atraso em relação às projeções anteriores da secretaria, que esperava chegar a essa etapa até o fim de novembro.

Divergência na capital

Os órgãos de saúde de BH pensam diferente. Em entrevista ao Hoje em Dia, o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, afirmou que a cidade precisaria chegar a 80% da população com esquema vacinal completo para “pensar na possibilidade” de discutir o fim da obrigatoriedade das máscaras.

De acordo com a SES-MG, nesta segunda-feira (25), Minas tem pouco mais de 50% da população vacinada com duas doses ou dose única da Janssen contra a Covid-19.

Leia mais:
Saiba quem pode receber a dose da vacina contra Covid-19 nesta segunda em BH
Saiba quantas doses de vacinas contra Covid-19 cada município de Minas já aplicou