Belo Horizonte tem condições de concluir a vacinação contra a Covid-19 em toda a população até o fim deste ano. Para isso, porém, depende da chegada dos imunizantes. Até o momento, não há previsão de novas remessas.

A garantia de que a imunização poderia ser feita até dezembro foi dada pelo secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, em entrevista à Rádio Itatiaia, nesta terça-feira (16). O gestor foi questionado sobre a fala do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, garantindo que a população brasileira receberá as duas doses ainda em 2021.

“Ele (ministro), provavelmente, tem mais informações do que nós aqui. Se ele está dizendo que consegue vacinar toda a população brasileira, isso significa que ele deve ter a informação de que a produção de vacinas será suficiente para isso. Caso essas vacinas cheguem para nós, conseguiríamos vacinar toda a população de Belo Horizonte até o final do ano”.

Segunda dose

Em BH, segundo Jackson Machado, não há risco de faltar a segunda para quem já recebeu a primeira. “Quando iniciamos o processo de vacinação de um determinado grupo, já tomamos o cuidado de assegurar que aquele grupo também vai receber a segunda dose. Quando um determinado grupo é incluído para vacinar, não há nenhuma preocupação em relação à falta de doses para completar aquele grupo”, disse.

Leia mais:

Vacinação de idosos com mais de 86 anos deve terminar nesta sexta em BH, diz secretário
Chances de nova variante da Covid-19 já estar circulando em Minas são de 100%, alerta especialista