A vacinação contra a Covid-19 dos idosos com 86 anos ou mais deve ser concluída até sexta-feira (19), segundo o secretário de saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto.

“A nossa expectativa é que todas essas pessoas já tenham sido vacinadas, no mais tardar, até a próxima sexta-feira”, disse, em entrevista à Rádio Itatiaia, nesta terça-feira (16).

Na semana passada, idosos com mais de 89 anos iniciaram o processo de cadastramento para receberem a primeira dose do imunizante. No mesmo dia, as aplicações começaram nesse grupo com a ida dos agentes da saúde às residências dos que já possuíam registros nas unidades de saúde.

No último sábado, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) iniciou a vacinação das pessoas entre 86 e 88 anos. De acordo com o secretário, pouco mais de 92% dos idosos em asilos da capital já receberam ao menos a primeira dose do medicamento.

“Cerca de 7% dos que não foram vacinados não foram (imunizados) pela existência de pequenos surtos. Logo que esses surtos forem controlados, terminaremos a vacinação desses idosos”, afirmou.

Aglomerações nos postos de saúde

Quem foi se vacinar no fim de semana se deparou com aglomerações em alguns dos pontos de imunização. No entanto, para Jackson Machado Pinto, foram problemas pontuais, que serão corrigidos nas próximas fases.

“A gente tem a estimativa da população que compõe cada grupo, então é possível que lancemos outras metodologias para vacinar, sempre procurando o melhor desempenho”, garantiu.

Questionado sobre a possibilidade das aplicações acontecerem por meio do sistema drive-thrus, Machado afirmou que ainda não é viável implementá-lo.

“Não queríamos que acontecesse o que ocorreu nos drive-thrus de São Paulo, que as pessoas ficavam sete horas na fila esperando. É preferível ficar uma hora e meia no centro de saúde esperando do que sete horas dentro de um carro, na minha opinião”, concluiu.

Leia mais:

Chances de nova variante da Covid-19 já estar circulando em Minas são de 100%, alerta especialista
Idosa morre atropelada pela filha após ser vacinada contra a Covid