As aulas presenciais ainda não têm data para retornar em Belo Horizonte. Porém, aos pais e estudantes que estão com saudade das escolas – ou mesmo aos que seguem apreensivos com a retomada em meio à pandemia –, segue aqui uma prévia de como será o “novo normal” nas instituições da rede pública da capital.

A prefeitura tem feito adaptações nos colégios. O Hoje em Dia visitou a unidade do Imaco, no bairro Funcionários, região Centro-Sul, e mostra como crianças, jovens e professores deverão se comportar. Higienização dos pés e mãos, medição da temperatura corporal, uso de máscara e distanciamento de dois metros são algumas medidas.

Veja no vídeo como as escolas se prepararam para receber os alunos:

Subsecretária de Educação, Natália Araújo garantiu que todas as escolas terão as mesmas regras e adaptações. Pias, máscaras, álcool, tapetes e outros itens já foram comprados para serem instalados nas 323 instituições da rede municipal.

Porém, algumas só serão adaptadas quando houver previsão do retorno. Por isso, por enquanto, os materiais estão estocados em um galpão da prefeitura.

Na semana passada, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) informou que investiu R$ 14 milhões na compra de equipamentos. O chefe o Executivo também destacou que as aulas presenciais só vão retornar quando BH apresentar cinco casos de Covid para cada 100 mil habitantes.

Ensino híbrido

O protocolo da volta às aulas presenciais já foi definido e, conforme a Secretaria Municipal de Educação (Smed), o ensino será híbrido, com aulas presenciais e a distância. Os detalhes podem ser conferidos aqui.

Leia mais:
Escolas terão que administrar espaço para garantir distanciamento entre alunos, reforça Estado
Presencial e virtual: ensino em BH será híbrido e sem recreio; veja detalhes da volta às aulas
PBH recorre da decisão que autoriza aula em 11 creches e tem audiência com Colégio Militar