O prazo para os pais que querem matricular os filhos na rede pública de ensino em Minas Gerais para o ano letivo de 2021 termina nesta quarta-feira (16). Para realizar o cadastro, é necessário acessar o Sistema Único de Cadastro e Encaminhamento para Matrícula (Sucem) -  clique aqui

As inscrições, a princípio, terminariam na última sexta-feira (11), mas foram prorrogadas pelo governo do Estado para dar mais conforto às famílias na realização do procedimento. A partir deste ano, nos municípios que aderiram ao sistema e estão participando da iniciativa, os cadastros serão de forma única. Em todo o estado, mais de 750 prefeituras adotaram o Sucem.

Podem ser matriculados alunos com seis anos completos ou a completar até 31 de março de 2021, que irão ingressar no 1º ano do ensino fundamental. Estudantes dos demais anos de escolaridade dos ensinos fundamental ou médio, vindos de outras redes que não as municipais ou estaduais de Minas, também podem se inscrever.

Os alunos que já estão matriculados em 2020 na rede pública, mas as escolas não disponibilizarão em 2021 o nível de ensino ou ano de escolaridade subsequente a ser cursado, também devem fazer o cadastro escolar.

O cadastramento ainda abre possibilidade para os interessados em retornar aos estudos nos ensinos fundamental ou médio regular ou na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA), além daqueles que estão matriculados em 2020 na rede estadual de ensino e que, por algum motivo, não realizaram a renovação da matrícula.

Quando o candidato acessar o sistema para realizar a inscrição, a escola indicada para a realização da matrícula poderá ser municipal ou estadual. Nos municípios em que não houve a adesão ao sistema, aparecerá apenas a opção de escolas estaduais.

É possível acessar a lista completa com o nome dos municípios que não aderiram à iniciativa na página do Sucem. Lá também está disponível um passo a passo para a realização do procedimento, em caso de dúvidas sobre como efetuar o cadastramento.

Estudante sem acesso à internet

Aqueles que não têm acesso aos recursos digitais poderão procurar as escolas estaduais e municipais na sua cidade para realizar a inscrição, com a adoção de todas as estratégias de segurança orientadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) e pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em consonância com as deliberações do Comitê Extraordinário Covid-19. Os pontos de apoio funcionarão das 9h às 16h.

Leia também:
Expectativa é a de que vacinação contra a Covid-19 em BH comece em 42 dias
Durante encontro com técnicos, secretário de Saúde avalia plano de imunização contra Covid em Minas