União acata decisão da Justiça e garotinho Matheus será operado nos EUA

Álvaro Castro
acastro@hojeemdia.com.br
29/04/2016 às 20:15.
Atualizado em 16/11/2021 às 03:12
 (Carlos Henrique)

(Carlos Henrique)

"Um presente de Dia das Mães para o resto da vida". Foi assim que Gecilene Oliveira, mãe do garotinho Matheus, que sofre de displasia neuronal intestinal e fará um transplante de intestino nos EUA recebeu a notícia de que a União acatou a decisão da Justiça e irá custear a cirurgia que há tempos vem sendo pleiteada pela família. O garotinho emocionou o Brasil após ter a causa abraçada por jogadores do Cruzeiro, seu clube de coração, e também por artistas, anônimos e até mesmo aeltetas de outros clubes.

A mãe do garoto contou à reportagem do Hoje em Dia que ele acordou na manhã desta sexta-feira sonhado que estava embarcando para Miami. A tarde veio a notícia de que a cirurgia havia, finalmente, sido autorizada.

Em sua página no Facebook, o advogado José Antônio Guimarães explicou que durante a tarde recebeu um e-mail da diretora da 21ª Vara Federal de Belo Horizonte, Laurita Cardoso de Abreu, e imediatamente entrou em contato para confirmar a autorização. "Imediatamente entrei em contato com a Dra. Laurita, oportunidade em que ela, com estas palavras, me disse: 'A União nos mandou um e-mail pedindo que o Sr. providencie o agendamento das entrevistas do visto do Matheus, pois já foi feita a contratação do transporte aéreo e do Hospital lá dos Estados Unidos".

A mãe também confirmou a informação de que há uma aeronave contratada para encaminhar Matheus ao hospital nos EUA. Segundo ela, os passaportes já estão em mãos, faltando apenas resolver a burocracia relacionada ao visto de entrada no país. Ainda não há previsão de quando a viagem será feita nem quanto tempo ele permanecerá no exterior após o procedimento.

A cirurgia de Metheus custa cerca de US$ 1 milhão e será realizada pelo mpedico brasileiro Rodrigo Vianna. Desde o dia 20 deste mês a família já tem em mãos uma decisão favorável do juiz federal Daniel Carneiro Machado determinando que a União providenciasse tudo o que fosse necessário para a viagem acontecer, com a previsão de multas diárias de R$ 400 mil por dia de descumprimento.

Desde o ano passado, há um site e contas bancárias disponibilizadas para quem queira ajudar financeiramente o garoto. Estima-se que mais de R$ 700 mil tenham sido arrecadados. Em outubro de 2015, um mês após receber alta da internação no Hospital das Clínicas, Matheus foi homenageado pelo Cruzeiro. No colo do Raposão, o garoto entrou no estádio e foi recebido pela torcida mineira com cantos de “Matheus Guerreiro”.

O caso

O pequeno Matheus Theodoro Oliveira, de sete anos, foi diagnosticado com displasia neuronal intestinal, hidrofrenose bilateral e bexiga neurogênica – condições raras que impossibilitam a alimentação pelas vias naturais. Além disso, devido aos males, o pequeno perdeu parte da visão e passou mais de um ano internado no Hospital das Clínicas da UFMG, em Belo Horizonte, para tratamento da doença.

Devido a complexidade do procedimento e a alta taxa de mortalidade registrada no país no tratamento dessas condições, a única alternativa possível para o pequeno Matheus é a realização de um transplante intestinal multivisceral, feita com melhores taxas de sucesso somente nos Estados Unidos. 

Leia mais

União não cumpre ordem e Justiça dá prazo para cirurgia de Matheus nos EUA
Cruzeirense, pequeno Matheus é recebido por jogadores do América antes do treino desta quinta
Mãe do garoto Matheus agradece aos contribuintes, que colaboraram com R$ 380 mil
Causa de menino Matheus transcende rivalidade e Donizete adere campanha: "não tem torcida"
 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por