Volta para a casa mais lenta em BH; chuvas e fim da greve prejudicam o trânsito

Clara Mariz
@clara_mariz
03/12/2021 às 20:29.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:12
 (Mauricio Vieira/Hoje em Dia )

(Mauricio Vieira/Hoje em Dia )

A volta para a casa nesta sexta-feira (3) está mais lenta, do que em outros dias desta semana, em Belo Horizonte. Devido às fortes chuvas que atingiram a cidade, além da retomada gradual da circulação dos ônibus, após o encerramento da greve dos motoristas, o trânsito da capital ficou mais carregado à noite. 

Mesmo com a liberação das principais vias de tráfego após o temporal, a BHTrans informou que trechos que tradicionalmente recebem maior número de veículos na volta para a casa estão com movimento acima do normal, o que provoca maior lentidão, mas sem ocorrências de engarrafamentos. 

Já para quem precisa do transporte público a espera é grande já que o serviço ainda não foi restabelecido por completo.De acordo com a BHTrans, até às 19h desta sexta-feira, apenas a Estação São José, na avenida Tancredo Neves, na região Noroeste da cidade, tinha 100% das viagens realizadas. 

Nas estações Pampulha, São Gabriel, Venda Nova e Vilarinho, foi possível registrar mais de 50% das viagens. Já na Estação do Barreiro, apenas 10% dos ônibus previstos para o horário estavam disponíveis. Confira a porcentagem de cada local no fim da matéria.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de BH, Paulo César Salomão, afirmou em entrevista ao Hoje em Dia que a normalização do serviço deve ocorrer apenas neste sábado (4). Ele explicou que, apesar do acordo que determinou a suspensão do movimento grevista, o contato com os motoristas não é instantâneo, o que dificulta o retorno imediato da prestação do serviço.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por