Com 479 mortes, Minas bate novo recorde de óbitos por Covid em 24 horas

Anderson Rocha
arocha@hojeemdia.com.br
27/03/2021 às 10:21.
Atualizado em 05/12/2021 às 04:31
 (Reprodução/Pexels)

(Reprodução/Pexels)

Minas Gerais registrou, neste sábado (27), o maior número de mortes por Covid-19 em 24 horas desde o início da pandemia: foram 479 confirmados em apenas um dia. É a primeira vez que o Estado ultrapassa a marca de 400 óbitos diários. O maior número, até então, havia sido registrado no último dia 24, quando 374 vidas foram perdidas para a enfermidade causada pelo coronavírus.

As informações são do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Com o recorde deste sábado, o território mineiro soma 23.366 mortes pela doença. O documento também apresentou o número de novos casos confirmados no período entre essa sexta-feira (26) e este sábado: foram 11.558 notificações. Ao todo, Minas tem 1.093.539 confirmações.

Ainda conforme o relatório oficial do governo de Minas, outras 93.766 pessoas seguem em acompanhamento. Ou seja, são casos confirmados de Covid-19 que, felizmente, não evoluíram para óbito.

Por fim, o número de pacientes que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de dez dias e estão assintomáticos há 72 horas, os chamados casos recuperados, somam 976.407.

Recorde é reflexo de represamento de dados

A análise do grande número de mortes registradas, de acordo com a SES-MG, deve ser feita com consideração a contextos prévios, como o represamento de dados ocasionado por uma mudança no sistema de captação de notificações.

"O recorde é consequência de uma sequência de fatores, entre eles as mudanças nos sistemas oficiais no dia 23 de março, que causou uma instabilidade e impactou no registro de nos últimos dias, gerando um represamento que está sendo corrigido ao longo da semana, e o reflexo do aumento da incidência verificada nas últimas semanas", informou, em nota.

A secretaria também relembrou que os dados informados em 24 horas não necessariamente ocorreram no dia anterior, e sim que foram registrados até o horário de corte no dia anterior pelos municípios. A pasta ressaltou que os dados apresentados são preliminares e sujeitos a alterações, o que pode causar diferença entre os dados da SES e das secretarias municipais de saúde, "em razão da instabilidade do sistema SUS Notifica, do processo de avaliação, que é dinâmico, e do horário diário de fechamento das informações".

Ocupação de leitos

De acordo com o Painel de Monitoramento do Estado, 92,37% dos leitos de terapia intensiva exclusivos para para atendimento a casos de Covid estão ocupados neste sábado (27). Já a taxa de uso das vagas de UTI para outros casos está em 86,19%. Atualmente, Minas tem 4.488 unidades de terapia intensiva na rede pública.

Em relação aos leitos clínicos, a proporção de vagas ocupadas é de 74,77% para casos em geral. Para pacientes com suspeita ou confirmação de Covid, o índice é de 25,91% de uso. A rede pública estadual conta com 20.930 leitos de enfermaria.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por