Paralisação na segunda

Liminar concedida à CBTU exige que metrô circule em horários de pico durante greve; entenda

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
18/03/2022 às 12:07.
Atualizado em 18/03/2022 às 12:37
Intervalo de viagens será alterado aos sábados em BH (Divulgação CBTU)

Intervalo de viagens será alterado aos sábados em BH (Divulgação CBTU)

Uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) determina que os metroviários de Belo Horizonte cumpram escala mínima durante a greve que será iniciada na segunda-feira (21). 

Segundo decisão, 100% dos trens devem circular das 5h30 às 10h e das 16h30 às 20h, o que, de acordo com a CBTU, “garante a operação integral no horário de pico, bem como assegura os serviços de manutenção e segurança para atendimento da população, este último sem qualquer interrupção”. 

A categoria havia anunciado que os trens iriam circular apenas entre 10h e 17h, ficando fora de operação nos horários de pico.

A liminar também determina a aplicação de multa diária de R$ 30 mil em caso de descumprimento da ordem judicial. 

A paralisação

Durante assembleia realizada na tarde de quarta-feira (16), os metroviários decidiram aderir a greve até que o governo federal esteja disposto a apresentar uma alternativa aos empregados em caso de privatização. A informação foi confirmada pelo diretor do Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindimetro-MG), Pedro Vieira.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por