Mapa revela mancha de inundação em caso de rompimento de barragem em Barão de Cocais

Lucas Eduardo Soares
24/03/2019 às 11:17.
Atualizado em 05/09/2021 às 17:56
 (Street view/Reprodução)

(Street view/Reprodução)

 O risco iminente de rompimento de uma das barragens da mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais, tem deixado a cidade da região Central de Minas em estado de alerta. Para instruir os moradores que moram em áreas consideradas de risco, a Defesa Civil do Estado divulgou, na manhã deste domingo (24), um mapa com a mancha dos locais que seriam atingidos e os pontos de encontro para onde as pessoas que vivem nessas áreas deverão se dirigir.

A barragem Sul Superior, que teve o nível elevado a 3 na noite dessa sexta-feira (22),  retém cerca de 4,8 milhões de m³ de rejeitos. As áreas que seriam imediatamente afetadas em caso de rompimento já foram evacuadas no dia 8 de fevereiro, quando a estrutura foi elevada para nível 2 de alerta. Na época, 428 pessoas deixaram as casas onde vivem.

No mapa divulgado neste domingo, o órgão simulou a mancha e fixou sete pontos de encontro. São eles:

Ponto 1: Escola Nossa Senhora do Rosário
Ponto 2: Fazenda Soledade
Ponto 3: Escola Efigênia de Barros Oliveira
Ponto 4: Escola Municipal Maria da Glória
Ponto 5: Escola Municipal Mares Guia
Ponto 6: Praça de Eventos José Furtado
Ponto 7: Clube Morro Grande

Divergência 

As sirenes que soaram na cidade foram acionadas após uma divergência entre os sistemas que monitoram a barragem Sul Superior. Segundo a Vale, auditoria independente contratada pela empresa detectou contradições entre dois sistemas usados para monitorar a estrutura. 

(Com Malú Damázio)

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por